Quer saber por que o atelier se chama Maria Cotinha?



Muita gente se surpreende quando eu me apresento ou quando lê meu nome no cartão de visitas do atelier pois acha que eu me chamo "Maria".

❣Na verdade o nome do atelier foi inspirado nas minhas avós. Como em 26 de julho é comemorado o Dia dos Avós vou aproveitar pra contar qual a relação delas com a Maria Cotinha - Arte em Pano.❣


Sou a Carla, neta de duas Marias.


Minha avó materna era Maria José. Mãe de 5 filhos, fazia crochê com uma habilidade que me deixava encantada. Minha admiração de criança aumentou mais ainda quando descobri que ela não sabia ler nem escrever, aprendeu a arte por conta e fazia todos os pontos só observando peças prontas. Também é com ela minha lembrança mais antiga envolvendo a costura. Eu brincava no gabinete da máquina enquanto ela costurava. Máquina essa que ficou de herança para a minha mãe e depois foi embora comigo quando eu casei. Foi nela que criei minhas primeiras peças e hoje figura num lugar de destaque aqui no atelier.


Máquina que foi da minha avó Maria José, depois foi da minha mãe Clair, passou pra mim e agora está aqui esperando o B.Os bichinhos de tecido foram os primeiros que eu fiz pro B, antes de ele nascer.

Minha avó paterna se chama Maria Amália. Com ela aprendi a procurar receitas de "trabalhinhos" nas coleções de Manequim ou nos livros de artesanato que sempre estavam disponíveis quando íamos passar as férias de verão com eles. Ainda lembro da máquina de costura que tinha por lá, era preta num gabinete de madeira cheio de gavetinhas. Era uma diversão ficar descobrindo os "tesouros" de cores em cada compartimento e fuçar nas regulagens daquela máquina cheia de mistérios. Minhas atrapalhadas aventuras no tricô foram em função desta avó. A mania de retirar receitas de revistas também.

Caixa de costura que era da minha avó Maria Amália.

Eu cresci com o artesanal sempre presente na minha vida. Fiz crochê, pintura em tecido, cartonagem, pintura em tela, velas e por ai vai... Mas de todas essas técnicas a costura sempre foi a paixão mais antiga e mais constante. Quando meu filho Bernardo nasceu, comecei a fazer bonecos e bichinhos pra ele e essa foi a sementinha da ideia atual do atelier. Em 2010 eu já tinha vontade de transformar o passatempo em atividade principal e resolvi dar um nome para o que seria o atelier um dia. Inspirada nas minhas Marias surgiu a Maria Cotinha - Arte em Pano.

Somente no início de 2018, depois de uma mudança de cidade, a Maria Cotinha - Arte em Pano ganhou um espaço próprio.


Com uma linha de produtos criados pensando no meu filho e com inspiração na minha mãe e avós, a base de tudo feito por aqui é amor. São peças atualizadas e modernas mas que carregam no seu DNA o carinho e o sentimento de gerações passadas.



Espero que tenham gostado!


Abraços

Carla Vieira


2 comentários
Mapa do Site

Ajuda

Siga a Maria Cotinha

@2017 por Maria Cotinha - Arte em Pano. Todos os direitos reservados.

Rua 15 de Setembro, 60 - Moinhos - Lajeado/RS - CEP: 95.901-030

CNPJ: 30.803.067/0001-25

0
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Pinterest
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone YouTube